Ervas

Alecrim

0

Erva “multiuso”, o alecrim é uma das folhas mais populares na umbanda e no candomblé

Vamos conhecer um pouquinho sobre o uso espiritual e mágico do alecrim?

Orixá: Oxalá, segundo a maioria dos autores.

Adriano Camargo considera que essa folha também pertence, também, a Iemanjá, Oxum, Ogum e Oxóssi.

Outros nomes populares: Alecrim da horta, Alecrim-de-cheiro, Alecrim-de-jardim, Alecrim rosmarinho, Alecrinzeiro, Erva-da-graça, Libanotis, Rosmarino.

Nome yorubá: Ewéré ou Sawéwé.

Nome científico: Rosmarinus officinalis L, Labiatae.

Elemento: Ar.

Classificação: Quente ou fria, a depender do autor.

É uma das ervas mais populares na umbanda e também no candomblé, devido aos seus muitos usos importantes e por ser bastante fácil de se encontrar fresca em qualquer lugar, inclusive em supermercados.

É considerada uma erva “multiuso” que pode ser escolhida quando se está em dúvida de qual banho ou defumação fazer em determinada ocasião. Ela pode ser adicionada a esses banhos e defumações para proporcionar equilíbrio à composição de ervas e folhas.

Excelente folha para banhos de cabeça (amaci), pois proporciona tranquilidade, equilíbrio, paz de espírito e alegria e combate a melancolia. Assim como também estimula a inteligência, a concentração e a memória.

É usada nas obrigações (iniciações) de diversos orixás. Na umbanda, atrai a presença de bons espíritos, em especial dos caboclos, mas não apenas esses.

Também proporciona limpeza e proteção espiritual leves, espantando larvas astrais e obsessores e ainda protegendo contra olho gordo e feitiços. Nesse caso, como sua atuação é suave, convém que seja usada associada a outras folhas de limpeza e proteção, de acordo com a situação e com o conhecimento e escolha do adepto.

Em defumações para a casa, proporciona harmonia da família e da família. Ela queima muito facilmente, nem precisa de carvão. Pode-se colocar um punhado de alecrim cedo em um pote de barro ou alguidar e usar um isqueiro ou maçarico para acendê-lo.

Aprenda mais sobre o uso espiritual das plantas!

Gostou dessa explicação? Então saiba mais sobre o uso das ervas nas religiões de matriz africana no nosso ervário online. Clique aqui para acessar.

Contribua com o ervário do Caminhos do Axé!

Que tal contribuir com essa explicação? Se você acha que poderíamos incluir mais informações sobre o uso espiritual dessa planta, ou se acredita que tenha encontrado um erro, informe-nos pelo nosso formulário de contato. Clique aqui e nos mande a sua sugestão.

Comments