Tabaco

0

O tabaco é largamente usado na umbanda, quimbanda, jurema/ catimbó e outras religiões afro-brasileiras de cunho mediúnico. Diversas entidades espirituais costumam fumar durante os trabalhos espirituais. Caboclos costumam fumar charuto ou cachimbo indígena. Pretos-velhos, cachimbos comuns ou cigarro de palha. Exus, charutos ou ciganos. Pombagiras, cigarros ou cigarrilhas. E assim por diante. Quando usado em cachimbos, pode ser usado a outras ervas, como sálvia, alecrim ou outras.

Tudo isso não é usado como forma de satisfazer um “vício” da entidade, mas para que ela use em seus trabalhos espirituais. Charutos, cigarros etc. costumam ser usados pelas entidades como uma forma de defumar o consulente ou o ambiente, neutralizando energias densas e negativas, desagregando maus fluidos e atingindo o corpo astral de espíritos obsessores. A fumaça cria ainda uma proteção para a aura do médium. O tabaco também tem a propriedade de ajudar o guia espiritual a incorporar com firmeza no corpo do médium.

Segundo o livro Iniciação à Umbanda:

“O uso do fumo pelas entidades incorporadas tem o efeito purificador quando estas atendem algum consulente com problemas espirituais. A fumaça age como um desagregador de maus fluídos, atingindo o corpo astral dos espíritos obsessores, além disso, produzida pelos charutos e pelo fumo dos cachimbos cria um escudo de proteção para a aura do médium”.

Outra interpretação é a de que o tabaco é uma planta que contém em si os elementos terra e água. Ao ser queimado em um cachimbo, charuto ou defumação, libera também os elementos ar e fogo. Portanto, é um instrumento que contém os quatro elementos (terra, ar, água e fogo) para ser usado em trabalhos de magia prática.

Além disso, é comum usar fumo de rolo, charutos, cigarros etc. em oferendas para todo tipo de entidades.

Referência

Cadernos de Umbanda – Omolubá – Pallas – 2a Edição

Iniciação à Umbanda – Ronaldo Antonio Linares, Diamantino Fernandes Trindade e Wagner Veneziani Costa – Madras

O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda – Leal de Souza – 1933

Manual de Umbanda Para Iniciantes – Diamantino Fernandes Trindade (Hanamatan Ramayane) – Sattva Editora

Apostila do Curso de Formação Sacerdotal da Federação Umbandista do Grande ABC

Related verbetes

Filho de fé

Previous article

Fuxico de santo

Next article

Comments