Gira

0

Na umbanda e na quimbanda, é como se chamam as sessões públicas de atendimento, em que guias incorporam em seus médiuns para aplicar passes, aconselhar e fazer trabalhos espirituais.

Também pode se referir especificamente à roda de fieis que entoam as cantigas e fazem as danças rituais, em círculo.

Existem ainda as “giras festivas”, ou simplesmente “festas”, em que orixás e guias espirituais incorporam, mas não há consultas ao público presente. E as giras de desenvolvimento, dedicadas ao desenvolvimento mediúnico dos filhos de santo do terreiro.

Pode-se escrever também “jira”, embora seja menos comum.

Etimologia

Segundo Ademir Barbosa Junior, vem do quimbundo njira (enjira) “caminho”. Pode vir também de canjira.

Referências

Dicionário Michaelis

Related verbetes

Comments