Orobô

0

Semente sagrada, o orobô é usado no culto de Xangô para fins de divinação e boa sorte

Vamos conhecer um pouquinho sobre o uso espiritual e mágico do orobô?

Orixás: Xangô, Ossaim, Orumilá.

Outros nomes populares: Não consta.

Nome yorubá: Orógbó.

Nome científico: 1) Garcinia Kola Heckel; 2) Garcinia livingstoni T. Anders., Guttiferae.

Elemento: Fogo.

Classificação: Quente.

Semente africana usada no culto de alguns oborós (orixás masculinos), especialmente Xangô. No caso deste orixá, o orobô é usado em substituição ao obi, já que o culto de Xangô não usa essa semente. O mesmo acontece no culto de Egúngún (Egum). É mais usada no candomblé e na religião tradicional iorubá, mas também em alguns terreiros de umbanda.

Tal qual o obi, o orobô é usado para fins de divinação. No ritual de bori, propicia saúde, vida longa, felicidade e boa sorte. Também é usado em oferendas diversas. Ralado, pode ser adicionado a oferendas ou pós de pemba que atraiam a prosperidade. Diz-se ainda que auxilia em sonhos premonitórios e no contato com os ancestrais.

Ao ser mascado, tem as propriedades medicinais fitoterápicas de aumentar a vitalidade e a concentração.

Aprenda mais sobre o uso espiritual das plantas!

Gostou dessa explicação? Então saiba mais sobre o uso das ervas nas religiões de matriz africana no nosso ervário online. Clique aqui para acessar.

Contribua com o ervário do Caminhos do Axé!

Que tal contribuir com essa explicação? Se você acha que poderíamos incluir mais informações sobre o uso espiritual dessa planta, ou se acredita que tenha encontrado um erro, informe-nos pelo nosso formulário de contato. Clique aqui e nos mande a sua sugestão.

Comments