Iká

0

No candomblé, é um cumprimento realizado por pessoas iniciadas (feitas) para orixás femininos (iabás), diante do orixá, de um sacerdote ou diante de locais sagrados do culto (como um assentamento).

O cumprimento é realizado quando o iniciado se ajoelha, encosta os braços na linha dos cotovelos no chão, com as mãos juntas e espalmadas para apoiar a testa e, sem encostar a barriga no chão, encosta apenas as laterais do quadril, girando de um lado para o outro.

Pessoas feitas para orixás femininos (aborós) fazem o dobalê, em vez do iká.

Em algumas regiões e terreiros, as saudações de dobalê e iká tem os nomes invertidos. Em outras, o termo dobalê é empregado para ambas as saudações.

Etimologia

Do iorubá, ì.

Referências

Tudo o que você precisa saber sobre umbanda – Volume 2 – Janaína Azevedo – Universo dos Livros

Dicionário dos rituais afro-brasileiros – LP Baçan

[eafl id=”3353″ name=”Livro Essencial de Umbanda” text=”Livro Essencial de Umbanda – Ademir Barbosa Junior”]

Dòbálé e Ìká (do site Candomblé – O Mundo dos Orixás)

Related verbetes

Cipriano Abedé

Previous article

Comments