Hora grande

0

O mesmo que a meia-noite.

Segundo Evandro Mendonda:

“É uma das horas mais calmas em que os Exus e Pombas-Giras escolhem para realizar seus trabalhos de magias em favor dos seus médiuns, fiéis ou simpatizantes”.

Segundo Omolubá:

“Hora em que os Exus e quiumbas, homens e mulheres, buscam as encruzilhadas ou confluências de duas ou três ruas, para contratarem serviços, arranjar parceiros, trocar informações, findar ou dar início a novas empreitadas. Os três minutos que antecedem a ‘hora grande’, são de grande valor para a captação de energias sutis e fortalecimento vital dos próprios Exus”.

Referência

Cadernos de Umbanda – Omolubá – Pallas – 2a Edição

Related verbetes

Irradiação

Next article

Comments