Firmar o ponto

0

Segundo Altair Pinto:

“Concentração coletiva que se consegue cantando o ponto ‘puxado’ pelo Guia responsável pelos trabalhos. Significa também quando o Guia dá seu ponto cantado e riscado, como prova de identidade.”

Segundo Evandro Mendonça:

“Pode ser firmado cantando um ponto, riscando um ponto, cravando a ponteira em um ponto riscado ou em combinação dos três”.

Referência

Dicionário da Umbanda – Altair Pinto – Editora Eco.

Arsenal de Umbanda – Evandro Mendonça – Anubis

Related verbetes

Firmar a porteira

Previous article

Fumaça às direitas

Next article

Comments