Doum

0

Popularmente, figura que acompanha Cosme e Damião. Suas referências são mais comuns na umbanda.

Segundo Édison Carneiro, em Religiões Negras:

“Na linguagem popular, o parto duplo se chama dois-dois. João do Rio encontrou, nas macumbas cariocas, mais dois possíveis orixás, Doú e Alabá, ligados ao culto de Ibeji. Na Bahia, Doú e Alabá não são orixás. Doú é a criança que nasce em terceiro lugar no parto triplo ou nasce normalmente depois de um parto duplo. E alabá é a criança que vem depois de Doú, num ou noutro caso.”

Referência

Religiões Negras – Edison Carneiro – Civilização Brasileira – 1936

Related verbetes

Desobsessão

Previous article

Encruzilhada

Next article

Comments