Bandeira da Umbanda

0

Já foram idealizadas duas bandeiras da umbanda, com o objetivo de serem reconhecidas por todos os umbandistas. Vamos conhecê-las?

A primeira bandeira da umbanda (1961)

Bandeira da umbanda 1961Hoje quase esquecida, foi desenhada por Henrique Landi Jr. e concebida para o Segundo Congresso Nacional da Umbanda, que aconteceu em 1961 no Rio de Janeiro (RJ). Essa bandeira foi divulgada no livro Umbanda – Evolução Histórico-Religiosa, de Cavalcanti Bandeira, hoje esgotado.

Diamantino Trindade, pai de santo e historiador da umbanda, explica o seu simbolismo:

“No centro três setas brancas e cruzadas em equilíbrio das hastes representando a Umbanda em seu sentido de paz e caridade. Situadas num círculo cinza, campo neutro, simbolizando o ponto de contato de todas as religiões, onde se confundem nas suas origens. Circunscrito esse campo pelo círculo amarelo alaranjado dos Orixás, delimitado pelo incomensurável azul do Céu como representação simbólica de Deus Uno”.

A segunda bandeira da umbanda

Idealizada por Saul de Medeiros (Saul de Ogum), presidente da Associação de Umbanda de Caxias do Sul, foi lançada oficialmente em 1 de junho de 2008, no Teatro Municipal Dr. Paulo Machado de Carvalho.

Segundo Pai Saul: “A imagem de um lindo sol radiante e, de seu núcleo, sai uma figura que, no primeiro instante, parece a de um enorme pombo branco, mas, olhando com mais atenção, a forma se modifica, deixando transparecer um espectro humano angelical com enormes asas, voando como se se dirigisse a um destino, determinado a realizar uma missão”.

Referências,

Livro Essencial de Umbanda – Ademir Barbosa Junior

Diamantino Trindade (conversa pessoal)

Related verbetes

Banha de Ori

Next article

Comments