Águas de Oxalá

0

Segundo Nei Lopes, em “candomblés tradicionais” é uma cerimônia de purificação e abertura do tempo sagrado, que acontece na última sexta-feira de agosto ou setembro, marcando o início do ciclo anual de festas do terreiro. Segundo Janaína Azevedo, costuma acontecer em janeiro.

As águas das quartinhas do terreiro são trocadas por água nova, trazida em procissão de madrugada, de uma fonte que abasteça o templo, na qual são lavadas as pedras e símbolos de Oxalá e Oxalufã.

Referências

Enciclopédia Brasileira da Diáspora Africana – Nei Lopes – Selo Negro – Açabá

Tudo o que você precisa saber sobre umbanda – Volume 2 – Janaína Azevedo – Universo dos Livros

Related verbetes

Água fluidificada

Previous article

Aguidavi

Next article

Comments