Dadá

0

Dada é um termo que pode ter três significados diferentes:

  1. Qualidade de Xangô, uma forma velha deste orixá;

  2. Nos xangôs pernambucanos é uma divindade feminina;

  3. Um orixá patrono dos vegetais.

Seu sentido como divindade feminina se reflete em um ponto cantado de marinheiro, que diz:

Saltei em terra

Meu navio ficou no mar (2x)

De longe vejo

Uma faixa azul

Seu moço perguntou

quem eu era

Sou marujo

Filho de Dadá Oxum

Segundo Nei Lopes, Dàda é o nome de um rei mítico de Oyó (antigo reino iorubá), que abdicou em favor de seu irmão, Xangô. É protetor dos recém-nascidos, principalmente daqueles que nascem com cabelos cacheados, como os seus. O pesquisador diz ainda que no antigo reino do Daomé, dadá era um título correspondente a “rei” ou “pai” e era atribuído ao seu soberano.

Referência

Enciclopédia Brasileira da Diáspora Africana – Nei Lopes – Selo Negro – Açabá

Glossário de Bantuísmos Brasileiros Presumidos – Geralda de Lima V. Angenot, Jean-Pierre Angenot e Jacky Maniacky – 2013

Related verbetes

Comments