Pontos de chamada

1.

Sabiá cantou

lá no fundo das matas

Aruanda chegou

enfeitada de prata

Mandei buscar na Aruanda

Povo Cigano pra trabalhar

Vem, vem, vem

Oi, cigano

Vem pra trabalhar

2.

Amigos, jovem flores e perfumes

jovem flores e perfumes

que os ciganos estão em festa (2x)

ô, ôôô, povo cigano chegou!

Pontos de firmeza e louvação

1.

Ganhei uma barraca velha

Foi a cigana quem me deu (2x)

O que é meu é da cigana

O que é dela não é meu (2x)

2.

Ela é uma cigana faceira, ela é

Ela é das sete linhas e não é de candomblé

Ela vem de muito longe os seus filhos ajudar

Ela vem de muito longe salvar esse congá

3.

Cigana, ela vem dançando

Ela vem mostrando

A sua dança no terreiro

Com sua saia rodada

Sua bota prateada

Pra acabar com feiticeiro

4.

Ô cigana, a cigana me falou

Ô cigana, a cigana me falou

Gosto muito da cigana, ela nunca me enganou

Gosto muito da cigana, ela nunca me enganou

5.

Sorriu para mim

uma cigana formosa

tão bonita e tão dengosa

em sua mão traz uma rosa

Despetalou sobre mim

sem deixar cair espinhos

em meus caminhos

Essa morena faceira

quando ela chega

levanta poeira

Roda cigana, moça formosa

é tão bonita que parece uma rosa

6.

Ori, ori, oriô

povo cigano é o povo do amor

Ori, ori, oriô

povo cigano é o povo do amor

Pontos individuais

1.

Caminhando pela madrugada

Muito longe eu avistei uma moça na calçada

Linda morena cigana, me diga quem você é

Eu sou Rainha das Rosas, cigana do candomblé

Eu vou abrir seus caminhos, acredite se quiser

Eu vou mudar sua vida, eu sou cigana de fé

7.

Quando ouvi pela primeira vez

aquela gargalhada

achei uma coisa tão linda

senti uma força cigana

Olhando no meio da roda

estava lá uma cigana formosa

Ela é a cigana formosa, cigana Rosa

ela é a cigana formosa, cigana Rosa

8.

Quem nesse mundo nunca ouviu dizer?

E nesse mundo nunca ouviu falar?

De uma cigana que mora naquela estrada

Ela tem sua morada sob o clarão do luar

Cigana da Estrada, força poderosa

Me dê proteção e axé, ciganinha formosa

9

Rosa Vermelha, Rosa Amarela

no meio de todas as rosas

eu escolhi a mais bela

São tantas rosas

que floriram no meu jardim

escolhi a amarela

cigana, olhe por mim

Nos meus caminhos preciso de proteção

Ó, Cigana Sulamita, me estenda a sua mão

Rosa Vermelha, Rosa Amarela

no meio de todas as rosas

eu escolhi a mais bela

Traz o feitiço no sorriso e no olhar

ó, Cigana Sulamita, sei que vai me ajudar

Com seu baralho faz toda a adivinhação

Lê o destino da gente na palma da nossa mão

Rosa Vermelha, Rosa Amarela

no meio de todas as rosas

eu escolhi a mais bela

São tantas rosas

que floriram no meu jardim

escolhi a amarela

cigana, olhe por mim

Nos meus caminhos preciso de proteção

Ó, Cigana Sulamita, me estenda a sua mão