1.

Baiano é povo bom,

Povo trabalhador,

Quem mexe com baiano,

Mexe com Nosso Senhor.

2.

Quando eu vim da Bahia

Estrada eu não via

A cada encruza que eu passava,

Uma vela eu acendia

3.

Nossa Senhora da Lapa

Da Lapa de Bom Jesus

Baiano quebra a mandinga

Nos pés da Santa Cruz

4.

Bahia, ô África

Vem cá, vem nos ajudar

Força baiana

Força africana

Força divina

Vem cá, vem cá

5.

Na Bahia tem

Vou mandar buscar

Lampião de vidro, sinhá dona

Para clarear

6.

Lá na Bahia,

Ninguém pode com baiano,

Quebra coco,

Arrebenta sapucaia ,

Quebra coco,

Vamos todos saravar

7.

Oh Bahia

Bahia de Nosso Senhor do Bonfim

Oh Bahia

Pede a Oxalá por mim

Baiana da saia rendada

Tabuleiro de acarajé

Baiana tá no terreiro

Sambando no candomblé

8.

Na Bahia tem um côco

Neste côco tem dendê

Na Bahia tem um côco

Me diga como é que se come este côco

Este côco é bom de comer

9.

Baiano é ruim

Que nem surucucu, ô ganga

Mexe com ele, ganga

Baiano zanga!

10.

Baiano bom, baiano bom

Baiano bom é o que sabe trabalhar

Baiano bom é o que sobe no coqueiro

Tira o coco, bebe a água e deixa o coco no lugar

11.

Quando eu vim lá da Bahia

Eu trouxe meu patuá

Terreiro que tem mironga

Baiano vai mirongar

12.

Oi Vamos baianada

Pisar no catim

Amarrar os inimigos

Na pontinha do cipó

13.

Um baiano um coco

Dois baianos dois cocos

Três baianos uma cocada

Quatro baianos uma baianada 

14.

Nossa Senhora da Lapa

Da Lapa de Bom Jesus

Baiano quebra mandinga

Nos pés da Santa Cruz!

15.

Baiano é povo bom

Tem mironga no congá (2x)

Feitiço ele traz

Mandinga no sambá (2x)

Dança baiano, dança sinhá

Baiano vai embora levando todos os “mar” (2x)

16.

Quem não viu baiano bom

Corra e venha ver agora

Ele quebra mandinga

Ele vence demanda

Ele vem de Aruanda

Vamos todos saravar

17.

Só se for agora

Só se for agora

Baiano bota inimigo

Da porta pra fora!

18.

Com dendê no seu balaio

Com padê no seu emborná

Chegou o povo da Bahia

Pronto para trabalhar

19.

Ela é da ladeira

Ladeira do Abaeté

Baiana da saia rendada

Rainha do candomblé

20.

Baiano chegou na aldeia

Na noite da lua cheia

Estremece os corações

E a fé se incendeia

Pisa leve, pisa manso, meu nego

oluandeia

Clareia o congá, odoya, mamãe Sereia

Quando pisa na areia

O mar se balanceia

Joga a rede, pescador

Proteção, Mãe das Candeia

21.

Ô Bahia, Bahia do Nosso Senhor do Bonfim

Ô Bahia, pede a Oxalá por mim…

Baiana da saia rendada

Tabuleiro de acarajé

Baiana tá no terreiro

Sambando no candomblé

22.

Eu vi lá no terreiro

Terreiro de Bom Jesus

O Povo da Bahia

Louvando a Santa Cruz

23.

Coquim, coquim, baiano

Coquim, lá da Bahia

Coquim venceu demanda

Com a Senhora da Guia

24.

Quando eu vim lá da Bahia

Eu trouxe meu patuá

Terreiro que tem mironga

Baiano quer mirongar

25.

Todo baiano que vem lá da Bahia

Ele traz sua alegria pra seu povo ajudar

Todo baiano que vem lá da Bahia

Ele traz sua alegria pra seu povo ajudar

Traz a coroa de nossa Mãe Iemanjá

E traz a força de nosso Pai Oxalá

Traz a coroa de nossa Mãe Iemanjá

E traz a força de nosso Pai Oxalá.

26.

Quem não viu baiano bom corra e venha ver agora

Quem não viu baiano bom corra e venha ver agora

Ele quebra mandinga, ele vence demanda

Ele vem de Aruanda vamos todos saravar.

Quem não viu baiano bom corra e venha ver agora

Quem não viu baiano bom corra e venha ver agora.